Buscar

Carregando...

Veja também Mundo Nada Curioso

Idiomas

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Alguns videos para saber mais

Loading...

Hora

00:00:00

sábado, 21 de agosto de 2010

Os 10 mais belos e estranhos fenômenos da natureza


Não existe nada mais maluco e mais belo do que a natureza, capaz de nos surpreender a cada dia com fenômenos que nos deixam perplexos e maravilhados.
Pensando nisso nós selecionamos alguns dessas maravilhas para você conhecer! Confira:

10 – Terraços naturais

Essa é, infelizmente, uma beleza perdida. Esse terraços foram destruídos em uma erupção vulcânica ocorrida em 1886.
Esse fenômeno ocorria em uma encosta na qual água quente descia, trazendo junto de si sílica rosa e branca, que davam essa coloração linda as pedras.

9 – Cavernas dos cristais


A caverna dos cristais se localiza em Naica, na cidade de Chihuahua, no México. Nesse local existem alguns dos maiores cristais do mundo, que chegam a medir 14 metros de comprimento e pesar 55 toneladas. Apesar de sua beleza o local é mortal, pois seres humanos só conseguem sobreviver 10 minutos lá dentro, mas para ver essa maravilha talvez valha correr o risco.
Quem tiver interessado pode ver esse pequeno documentário sobre essa caverna incrível:

8 – Relâmpago de Catumbo

O relâmpago de Catatumbo é um fenômeno natural único. Localizado na foz de um rio, no Lago Catatumbo, ele é considerado como uma das mais extraordinárias tempestades elétricas. O fenômeno pode ser visto durante 140 a 160 noites por ano, aproximadamente 10 horas por noite!
A luminosidade dos relâmpagos pode ser vista até 40km de distância e é usada como um farol natural há séculos, sendo conhecida como “Farol de Maracaibo”.

7 – Pilares de luz




Essa maravilha é criada por reflexo de luz em superfície horizontais planas que tem gelo. Normalmente elas são criadas pelo reflexo da luz do sol, mas podem surgir por qualquer tipo de luz, desde de as de um postes até a luz da lua. O modo mais fácil de vê-lo é quando o sol está se pondo.

6 – Penitentes

Esse é um fenômenos bastante difícil de se encontrar, pois ele só ocorre em altitudes elevadas. A primeira vez que se viu esse fenômeno foi em 1839, por Charles Darwin, enquanto ele ia de Santiago no Chile, até a cidade argentina de Mendoza.
Os penitentes são formações de gelo que podem chegar ao tamanho de uma pessoa e se parecem com laminas de espadas. Não se sabe exatamente como elas se formam, mas acredita-se que seja graças aos fortes ventos dos Andes.

5 – Rochas de Moeraki


Essas pedras são bem diferentes. Elas são encontradas na Nova Zelândia, em uma praia chamada Koekohe. Elas se destacam pela sua forma esférica quase perfeitas, isso ocorre graças as ondas que batem nelas, esculpindo-as vagarosamente até criarem essas maravilhas.

4 – Parélio

Esse é outro fenômeno causado pela reflexão da luz no gelo. Apesar de aqui no Brasil ser um fenômeno poucos visto ele já é bem conhecido em outras partes do mundo, na Europa e nos E.U.A ele ocorre em média 2 vezes por semana, mas nem todas vezes é visível.

3 – Colunas de Basalto


Olhando assim poucos acreditariam que essas pedras são formadas naturalmente, devido as estruturas hexagonais, elas parecem feitas pelos homens. Contudo elas são resultado do rápido resfriamento de lava do vulcão.
Se você quer conhecer elas pessoalmente procure pelo Giant’s Causeway, localizado na Irlanda.

2 – Maré vermelha


Quando há uma grande concentração de algas na água a natureza cria um dos mais belos espetáculos aquáticos que se pode ver. Apesar de conhecermos como maré vermelha, esse fenômeno não ocorre só nessa cor, podendo variar de rosa a vermelho escuro, e até mesmo verde.
Eles ocorrem normalmente em zonas costeiras, contudo nem sempre são algas que criam esse efeito.

1 – Círculos de gelo

Esse fenômenos é muito raro, mas belo e estranho como poucos. Eles ocorrem em águas quase paradas em climas frios. Acredita-se que eles se formam graças a pequenos redemoinhos causado pelo movimento das água em curvas de rios. Ninguém ainda consegue explica-los com certeza. Contudo sua beleza é única.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ajude-nos! por favor!

Por favor, nos ajude na divulgação do blog!
Para aumentar os membros e visualizações para dar mais incentivo aos nossos autores, agradeço desde já.
Autor